Cyrela na mídia

1/11/2018

João Carlos Martins e Projota apresentam Vivaz

Fonte: Meio&Mensagem

Compartilhe Facebook Twitter

Nesta quarta-feira, 31, o Grupo Cyrela lança no mercado a Vivaz Residencial, empresa de moradia para o grande público e programas como o Minha Casa, Minha Vida. O diferencial da empresa, de acordo com o grupo, é atrelar a sofisticação e experiência das construções que as marcas do grupo oferecem com a acessibilidade financeira para as classes econômicas mais baixas da sociedade.

“Queremos que as pessoas realizem o sonho da casa própria e se sintam orgulhosos e felizes de voltar para casa em um empreendimento bonito e confortável. Mostrar para as pessoas que podemos unir dois aspectos que parecem que não combinam (economia e estética), mas que podem andar juntos”, explica Felipe Cunha, diretor da Vivaz.

Felipe conta que essa não é a primeira investida do grupo no setor popular. A Living foi uma empresa fundada em 2006 para atender esse público, mas que passou a operar para a classe média em meados de 2014. “Como a crise econômica afetou bastante o público de média renda e um pouco menos os de renda mais baixa, vimos uma oportunidade de voltar a esse setor com a Vivaz, porque não fazia mais sentido fazer esses investimentos com a Living”, diz.

A união de dois aspectos que não são colocados juntos regularmente foi o que a empresa buscou transmitir a partir da campanha criada pela BigBee, agência que ganhou a concorrência para atender a Vivaz. A agência desafiou o rapper Projota a compor uma música a partir da melodia criada pelo maestro João Carlos Martins. Denominada “Vivaz”, a canção terá reprodução em rádios, serviços de streaming e um videoclipe no YouTube.

“Nossa ideia é unir a excelência ao popular. O João Carlos Martins representa esse universo clássico e o Projota a comunicação com todos”, conta Afonso Abelhão, CEO da BigBee. A música funcionará de forma independente da empresa, apenas cita seu nome, segundo o publicitário. O clipe trará elementos da marca, mas a intenção é que a música funcione como um hino da Vivaz. “Está longe de ser um jingle. Queremos trazer a emoção da música para um empreendimento racional”, afirma.

A comunicação contempla, ainda, filmes para TV aberta e por assinatura, ações com o público para cantar a música, mídia OOH e programática, além publicações off-line, que serão mensuradas e otimizadas pela DataCubo, braço de business intelligence da BigBee.

Compartilhe Facebook Twitter
Voltar